O que é Deep Learning e sua importância na área de TI

Deep-Learning

Deep Learning é um tema emergente dentro do campo da Inteligência Artificial, uma subcategoria de aprendizado de máquina que diz respeito a oportunidades de aprendizagens profundas com o uso de redes neurais para aperfeiçoar as coisas, tais como reconhecimento de fala, visão computacional e processamento de linguagem natural. Isso está rapidamente se tornando um dos mais estudados e procurados campos dentro da ciência da computação moderna com o intuito de aumentar a eficiência de muito serviços.

O que é Deep Learning?

O Deep Learning é a tecnologia base para ferramentas como o Sophos Intercept X, Google Translate (Google Tradutor) e a Cortana (assistente personalizado da Microsoft), com enorme poder computacional, as máquinas podem agora reconhecer objetos, efetuar análise de ambientes e até traduzir voz em tempo real. O Deep Learning, portanto, torna finalmente a Inteligência Artificial de fato inteligente e aplicável em diversos aplicativos. 

Deep Learning

Funcionamento do Deep Learning

O Deep Learning vem para fazer com que os sistemas possam fazer uso de maiores números de linguagem naturais, concedendo-lhe uma compreensão mais profunda de temas universais. Falando tecnicamente sobre a tecnologia, o Deep Learning faz o “treinamento” de um modelo computacional para que ele possa decifrar a linguagem natural do ambiente ou situação. O modelo relaciona termos e palavras para inferir significado, uma vez que é alimentado com grandes quantidades de dados. 

O Deep Learning têm uma abordagem inovadora para os dias atuais, pois dispensa grande parte de pré-processamento e gera automaticamente propriedades invariantes em suas camadas hierárquicas de representação. 

Quem usa esta tecnologia?

Atualmente as maiores empresas de tecnologia e desenvolvimento já utilizam está tecnologia para otimizar os ambientes. As principais aplicações com Deep Learning, utilizadas atualmente, são: 

Identificação de ameaças

Intercept X usa a prevenção de ameaças com níveis de compreensão do comportamento corporativo para identificar ameaças e impedir ataques como malwares conhecidos e desconhecidos sem depender de assinaturas para envio de vacinas. 

Compreensão do comportamento do cliente

Realizado por sites de e-commerce robustos, que durante todo o tempo no site, coletam os dados do consumidor para que haja um maior conhecimento do que aquele usuário realmente deseja.  

Reconhecimento facial

Essa aplicação já é utilizada em sites de redes sociais, como o Facebook, para identificar quais são os potenciais usuários a serem marcados em uma determinada foto. Porém, atualmente, tem sido bastante utilizada para os sistemas de segurança. No carnaval de 2019, por exemplo, o sistema auxiliou a Polícia Militar da Bahia a prender um homem foragido, reconhecido por meio desse tipo de sistema. 

Esses são apenas alguns dos exemplos que envolvem Deep Learning, que hoje em dia já extrapola até mesmo do campo do TI e consegue ser aplicado nos mais diferentes ramos (segurança, medicina, análise de imagens, redes sociais, e-commerce, segurança, entre outros). 

Por que é importante que profissionais de TI, entre outros, conheçam melhor o Deep Learning?

Deep Learning pode ser um aliado essencial na potencialização de um negócio, através de sua grande capacidade de resolver o entendimento de dados, consegue-se analisar um grande volume de informações que chegam até o sistema, facilitando o entendimento sobre suas soluções atuais e encontrando possíveis gargalos de rede, riscos, falhas de segurança, inclusive, eliminando os riscos de esquecimentos de agendamentos de backups ou atualizações de patches. 

Também é possível, por meio desse conceito, automatizar atividades que são rotineiras e mecânicas dentro do TI, de forma que possam ser executados sem a necessidade de intervenção humana no processo. Ganha-se assim em eficiência, agilidade e precisão nesses processos. Os profissionais que seriam responsáveis por essas tarefas podem ter seus esforços direcionados para questões mais analíticas, o que permitiria aumentar o grau de eficiência. 

Ele pode ser também um grande aliado na tomada de decisões dentro do setor de TI. Por meio de uma gestão orientada a dados, com os insights oferecidos pelo Deep Learning, os indicadores e relatórios apresentam uma maior precisão, permitindo otimizar as operações internas e, até mesmo, operações externas, oferecendo subsídios para outras áreas da empresa. 

Conclusão

Todas as grandes empresas de software estão investindo fortemente na construção de capacidades de aprendizagem de máquina e incorporando-as em muitos dos seus produtos. Sophos, Microsoft, Google, IBM e outras já estão investindo fortemente nesta tecnologia e algumas até lançando, de forma gratuita cursos e códigos para incentivar o estudo na área. 

O Deep Learning se tornou uma ferramenta imprescindível para que o seu negócio consiga ter mais clareza através de dados e tenha cada vez mais informações para fazer tomada de decisões corretas, otimizar os processos internos e estar sempre um passo à frente da concorrência. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
GABRIEL RECHE FERREIRA

GABRIEL RECHE FERREIRA

Atua na área de suporte técnico a clientes, ajudando empresas na administração de ambientes híbridos, desde firewalls, antivírus até infraestruturas em cloud. Possui certificação MTA em Windows Server, e outros cursos em áreas relacionadas, grande entusiasta da área de tecnologia se desenvolve através de estudo constantes.