Veja como criar uma senha forte e segura e proteja-se na internet

Veja como criar uma senha forte e segura e proteja-se na era digital

Em dezembro de 2017, a empresa Splashdata divulgou um levantamento que revelou as senhas mais utilizadas pelos usuários na internet.  O resultado não é nenhuma surpresa para quem trabalha com segurança, mas o fato é propício para trazermos à tona a discussão do quanto os usuários no geral ainda não perceberam a importância de tomar cuidados básicos como ter senhas fortes e seguras para proteger seus dados na era digital.

top5 - senhas mais usadas da internet

“Para maioria dos usuários uma senha fácil de lembrar é a recomendada, pois facilita seu uso no dia a dia.”

Nós especialista em segurança da informação sabemos que infelizmente esta frase não é verdade, em resumo uma senha mais “chata” é a que pode prevenir muito mais ameaças. 

Enquanto ainda não vivemos o almejado “mundo sem senha”, convivemos com o problema das senhas utilizadas pela maioria das pessoas não serem criadas com os devidos cuidados.  

Hoje qualquer pessoa mal-intencionada com algum poder computacional pode “quebrar” e descobrir em poucos segundos, senhas tão comuns como as cinco mais usadas mundialmente.

“Mas qual é o problema de descobrirem minha senha do Facebook? Minha vida é um livro aberto não tenho nada a dever!”

Muitas pessoas pensam desta forma, entretanto tão frequente quanto utilizar senhas simples, é o fato das mesmas senhas serem usadas para todos ou grande parte dos sistemas que o usuário utiliza. Em outras palavras usar a senha do Facebook, no site das Lojas Americanas, é uma péssima ideia.

Uma reportagem feita pelo Fantástico, em dezembro de 2017, mostrou ao grande público como os dados sigilosos podem ser vendidos facilmente da DarkWeb. Informações como CPF, telefone e endereço, vindas de empresas e sites que sofreram ataques cibernéticos, ficam disponíveis a qualquer pessoa mal-intencionada para fazer o que bem entender.

Senha forte x senha fraca

O que evitar na hora de criar uma password?

O usuário de internet vive aquele eterno dilema ao criar uma senha, afinal, deve colocar algo fácil de lembrar, mas simples de ser descoberto ou colocar algo mais complexo, mas com grandes chances de ser esquecido?

A senha fraca não deve ser nunca uma hipótese, mas a verdade é que a senha mais complexa nem sempre é sinal de segurança, vide pesquisa divulgada pela Kaspersky Lab, em que 23% das pessoas entrevistadas afirmaram preferir senhas mais complexas, mas disseram que para lembra-las, deixam as mesmas anotadas em um bloco de notas no celular ou no computador, situação que é tão insegura quanto criar uma senha fraca. 

Mas como criar uma senha forte e segura?

Para que você não caia no erro de utilizar senhas fracas e fáceis de serem descobertas, trazemos algumas recomendações. Confira abaixo!

  1.  Nunca use palavras e números comuns à sua pessoa. Ex: seu nome, nome da sua mãe, data de aniversário, etc;
  2. Combine letras e números;
  3. Combine sempre letras maiúsculas e minúsculas;
  4. Adicione caracteres especiais;
  5. Nunca divida a sua senha com terceiros;
  6. Nunca utilize a mesma senha para diversos sites;
  7. Utilize senhas específicas para e-commerces, lojas e compras online;
  8. Reforce senhas importantes com outros sistemas como dupla autenticação ou sistemas biométricos;
  9. Se possível, use gerenciadores de senhas como o Keepass, LastPass, Dashlane, etc.
Facebook
LinkedIn
Twitter
WhatsApp
Email
CRISTIANO RIBEIRO

CRISTIANO RIBEIRO

Profissional graduado em ciências da computação, com experiência de mais de 16 anos em suporte à TI infraestrutura e segurança seguindo as práticas do ITIL. Possui diversas certificações, dentre elas em produtos Cyberoam, Sophos, Kaspersky, Microsoft Office 365, Windows Server e SAM. Atualmente também está envolvido no desenvolvimento de soluções contidas nos serviços gerenciados de segurança na Wtsnet.